Realidade(s)

Julga que se conhece, se não se construir de algum modo? E julga que eu posso conhecê-lo, se não o construir à minha maneira? E julga que me pode conhecer, se não me construir à sua maneira? Só podemos conhecer aquilo a que conseguimos dar forma. Mas que conhecimento pode ser esse? Não será essa forma a própria coisa? Sim, tanto para mim como para si; mas não da mesma maneira para mim e para si: isso é tão verdade que eu não me reconheço na forma que você me dá, nem você se reconhece na forma que eu lhe dou; e a mesma coisa não é igual para todos e mesmo para cada um de nós pode mudar constantemente. E, contudo, não há outra realidade fora desta, a não ser na forma momentânea que conseguimos dar a nós mesmos, aos outros e às coisas. A realidade que eu tenho para si está na forma que você me dá; mas é realidade para si, não é para mim. E, para mim mesmo, eu não tenho outra realidade senão na forma que consigo dar a mim próprio. Como? Construindo-me, precisamente.

Luigi Pirandello, in Um, Ninguém e Cem Mil

Advertisements

3 thoughts on “Realidade(s)

  1. humm, eu não tenho lá muito jeito para isto mas também não é novidade para ti, né? :)
    e hoje, talvez ainda por causa ali do cheiro do chulé (apesar de não ser grande coisa =p), acabei não resistindo a ter de dizer que gostei muito mesmo deste texto que aqui puséste.. fez-me repensar em várias coisas, no que é certo para uns não é para outros, a verdade de uns não é a verdade de outros, enfim, que as mesmas coisas nunca são iguais para ninguém, e nem sentidas da mesma forma. bem.. aplica-se realmente a tudo. além disso recordou-me um excerto do JLP (que com a confusão que anda por aqui não encontro =p) e um poema do Carlos Drummond de Andrade, em particular este ‘pedacito’ :

    ‘Chegou-se a discutir qual a metade mais bela.
    Nenhuma das duas era totalmente bela.
    E carecia optar. Cada um optou conforme
    seu capricho, sua ilusão, sua miopia.’

    well, eu tinha dito para te preparares, não foi? :p
    beijinho*

    Like

  2. eu até era capaz de dizer por aqui mais coisinhas e assim, era pois.. mas a minha falta de jeito está aqui ao lado a dizer-me que é melhor não :p *

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s